Rua Visconde de Quissamã 684, Centro, Macaé-RJ

De segunda à sexta de 09:00 às 19:00

(22) 2762-0286

Correção de Curvatura Peniana

 

Se os sintomas da doença de Peyronie ou Curvatura Peniana Congênita forem graves ou piorarem com o tempo, pode haver a necessidade do tratamento com medicamentos ou cirurgia.

Uma série de medicamentos orais já foi utilizada para tratar a doença de Peyronie. No entanto, eles não parecem ser tão eficazes quanto a cirurgia. Por outro lado,em alguns casos, drogas injetadas diretamente no pênis podem reduzir a curvatura e a dor associadas à doença de Peyronie. Evidências sobre a eficácia das injeções penianas também são limitadas. Caso a deformidade do pênis seja grande ou impeça a atividade sexual, o tratamento cirúrgico deve ser indicado. No entanto, a cirurgia não é recomendada até que a curvatura se mostre estabilizada e as ereções estejam livres de dor por pelo menos doze meses.

 

MÉTODOS CIRÚRGICOS MAIS UTILIZADOS:

 

CIRURGIA DE PLICATURA: é realizada no lado oposto ao afetado. Faz-se uma dobra no revestimento do pênis (usando pontos) para tentar equilibrar a curva e encurtar o lado mais longo do pênis (o lado sem tecido cicatricial). Este procedimento pode encurtar o comprimento total do pênis. É geralmente usado em homens que têm o comprimento do pênis adequado e uma curvatura menos acentuada.

RETIRADA DA PLACA COM ENXERTO. Com este tipo de cirurgia, realizamos vários cortes no tecido cicatricial, permitindo que a bainha se estique e o pênis se endireite. Em alguns casos removemos parte do tecido cicatricial. Um pedaço de tecido (enxerto) é suturado no lugar para cobrir as falhas na túnica albugínea. Um enxerto pode ser tecido do próprio corpo, tecido humano ou animal ou, ainda, um material sintético. Este procedimento é, geralmente, usado se o homem tiver um pênis mais curto, uma curvatura severa ou uma deformidade importante.

IMPLANTE DE PRÓTESE PENIANA: inseridos cirurgicamente substituem o tecido esponjoso que enche de sangue durante uma ereção. Podem ser semi-rígidos – curvados manualmente a maior parte do tempo e dobrados para cima para a relação sexual. Outro tipo de implante é o inflável com uma pequena bomba implantada no escroto. Os implantes penianos podem ser considerados se o homem tiver a doença de Peyronie associada à disfunção erétil.

A indicação do tipo de cirurgia depende de vários fatores. Procuramos avaliar cada caso de maneira individualizada e discutir com o paciente as vantagens e desvantagens de cada método com uma visão realista do resultado que se pode alcançar, nessa patologia que tanto prejudica a vida sexual do homem maduro.

Top