Rua Visconde de Quissamã 684, Centro, Macaé-RJ

De segunda à sexta de 09:00 às 19:00

(22) 2762-0286

Tamanho do Pênis

 

Esse é um assunto recorrente nos consultórios urológicos.

 

A dúvida quanto à normalidade do tamanho do pênis atinge grande parte da população masculina. Esse questionamento atinge crianças, jovens e adultos. Pode, portanto, trazer danos à vida sexual do homem quando essa preocupação atinge níveis exagerados.

Há séculos, o órgão sexual masculino representa força e poder. Além disso é interessante notar a distância entre a satisfação dos homens em relação a essa dúvida e o índice de insatisfação das mulheres. Estudos recentes mostram que em torno de 60% dos homens não estão satisfeitos com o tamanho do seu pênis. No entanto, 90% das mulheres estão satisfeitas com o tamanho do pênis de seus parceiros.

 

A diminuição do pênis realmente existe e pode estar relacionada a algumas situações:
  • Pacientes que foram tratados com prostatectomia radical devido a câncer da próstata;
  • Doença de Peyronie;
  • Anomalias congênitas como a hipospádia e a epispádia;
  • Alguns trabalhos mostram uma relação entre a redução peniana e a disfunção erétil. Entretanto, essa afirmação ainda merece mais estudos que a confirmem.

 

A indicação para cirurgia de aumento do pênis está ligada a situações especiais. Dessa maneira, podemos dar como exemplos as seguintes situações:
  • Micropênis: quando o pênis menor do que 4 cm ou 7 cm em seu estado ereto. Embora raro, pode ser encontrado em anomalias genéticas ou hormonais;
  • Tamanho reduzido por fibroses, traumas e Doença de Peyronie;
  • Epispádias e hipospádias;
  • Retração peniana em pacientes com lesões medulares;
  • Amputações parciais por trauma ou câncer de pênis.

 

É, portanto, muito importante uma avaliação criteriosa de cada caso!

 

O médico deve ser cuidadoso e avaliar bem a ansiedade e as preocupações do paciente. No entanto, não se deve criar falsas expectativas quanto ao tratamento, quando esse for possível

 

Pesquisadores descobriram que homens insatisfeitos com seus corpos têm menos experiência e se envolvem em menos tipos de atividades sexuais. Além disso, se sentem menos atraentes e experimentam mais problemas sexuais do que aqueles que estão satisfeitos. Consequentemente, durante situações que envolvem sexo, aqueles com má imagem corporal também experimentam baixa auto-estima e maior ansiedade. Portanto, a discussão é mais complexa que parece.

 

Nos pacientes com indicação de prótese peniana devido a disfunção erétil e com Doença de Peyronie existe a possibilidade de realização do aumento real do pênis. Podemos alcançar, na cirurgia, um ganho de até 4cm. No entanto, há uma dependência do comprimento do feixe vásculo nervoso que conecta a glande à base do órgão.

Top