Rua Visconde de Quissamã 684, Centro, Macaé-RJ

De segunda à sexta de 09:00 às 19:00

(22) 2762-0286

Dor nos Testículos e suas Causas mais Comuns

Os testículos são muito sensíveis, e mesmo uma pequena lesão pode provocar dor ou desconforto. A dor nos testículos pode ocorrer dentro do próprio testículo ou do tubo espiralado que se encontra na região posterior, chamado epidídimo.

 

Às vezes, a dor nessa área pode ser causada por um problema que começa na virilha, no abdômen ou em outro lugar - por exemplo, pedras nos rins e algumas hérnias..

 

Podemos citar como principais causas de dor testicular, as seguintes situações:

 

INFECÇÕES - A condição mais comum relacionada à infecção é a epididimite (um ou ambos os epidídimos). Como essa estrutura está ligada ao testículo, a infecção geralmente se espalha (chamado orquiepidimite). A orquite é a inflamação do testículo, que raramente ocorre por si só. Essas condições, que podem ocorrer em qualquer idade, podem causar dor súbita e intensa.

 

A maioria das infecções relacionadas à dor escrotal em homens adolescentes e adultos jovens é causada por infecções bacterianas transmitidas sexualmente especialmente clamídia e gonorréia.

 

TRAUMA OU LESÃO - Lesões esportivas são causas comuns de trauma testicular. Uma dor que persista por mais de uma hora após trauma no escroto deve ser tratada como uma emergência médica.

 

Os nódulos encontrados após um trauma podem ou não estar relacionados ao próprio trauma. De fato, os tumores são comumente descobertos quando os testículos são examinados após uma pancada, por exemplo. Sabendo-se que o câncer de testículo é facilmente tratado se encontrado precocemente, qualquer nódulo deve ser avaliado por um médico o mais rápido possível.

 

A torção testicular é uma situação relativamente rara, urgente, na qual o cordão espermático torce, bloqueando o fluxo sanguíneo para os testículos. A torção testicular causa dor e inchaço escrotal agudo (grave). Pode levar à morte do tecido que requer a remoção do (s) testículo (s) afetado (s) se não for tratado em 5 a 6 horas. Ocorre mais comumente em recém-nascidos e adolescentes do sexo masculino com menos de 18 anos, mas pode ocorrer em qualquer idade.

A torção dos apêndices testiculares (por exemplo, apêndice testicular, apêndice do epidídimo) pode parecer semelhante à torção testicular, mas envolve a torção de apêndices desnecessários que são remanescentes do desenvolvimento embrionário. É mais comum em meninos que ainda não entraram na puberdade e é uma das principais causas de dor escrotal aguda em meninos.

 

O diagnóstico correto é urgente para descartar a torção testicular, mas a torção dos apêndices testiculares não é uma emergência em si. A dor geralmente desaparece dentro de uma semana sem complicações.

 

Outras causas de dor na área escrotal são as seguintes:

 

Os tumores testiculares geralmente não causam dor, mas é possível. Como o câncer testicular é comum em homens jovens (entre 18 e 32 anos de idade) e é curado com freqüência se tratado precocemente, é importante que seja prestado atendimento médico a qualquer nódulo.

 

HÉRNIA INGUINAL - Em uma hérnia inguinal, parte dos intestinos se projeta através do canal inguinal (passagem conectada ao escroto). A hérnia inguinal é suspeita se o inchaço ou a dor acima do escroto piorar com tosse, espirro, movimento ou elevação.

 

Esta condição é bastante comum, especialmente em meninos jovens, e ocasionalmente causa dor na área escrotal. Meninos prematuros têm o maior risco de hérnia inguinal. Esta condição geralmente resulta de uma fraqueza da parede abdominal presente no nascimento, mas os sintomas podem não aparecer até a idade adulta.

 

As hérnias não se resolvem sem tratamento e podem causar complicações graves se não forem tratadas. Cirurgia de reparação de hérnia geralmente é necessária para tratar esta condição.

A LESÃO DO NERVO PUDENDO (neuropatia), também chamada de "neuropatia da cadeira de bicicleta", pode causar dormência ou dor. A lesão do nervo pudendo pode resultar da pressão do ciclismo prolongado ou excessivo (por exemplo, ciclismo competitivo), especialmente a posição inadequada do banco ou as técnicas de pilotagem. Assentos especiais para bicicletas foram projetados para diminuir a pressão sobre o períneo, potencialmente prevenindo ou resolvendo esse problema.

 

Às vezes chamada de "síndrome do ciclista", a neuralgia pudenda é uma inflamação dolorosa do nervo pudendo. O nervo pudendo transporta sensações para os genitais, a uretra, o ânus e o períneo (área entre o escroto e o ânus), de modo que a dor pode ser sentida em qualquer uma dessas áreas. A dor pode ser penetrante e é mais provável que seja notada enquanto estiver sentado.

CIRURGIA - Dor e edema testicular temporário podem ser esperados após procedimentos cirúrgicos na área pélvica, como reparo de hérnia e vasectomia. A dor pós-operatória que dura mais do que o esperado deve ser relatada a um médico. A dor crônica ou recorrente pode ser o resultado de uma complicação cirúrgica ou um problema não relacionado, e pode necessitar de tratamento.

PEDRAS NOS RINS - Geralmente causam dor abdominal e lombar mas podem irradiar para a região testicular em alguns casos. Dor intensa, súbita no escroto, que não pode ser explicada por um problema na região, pode ser causada por pedras nos rins.

INCHAÇO E DESCONFORTO - As condições que causam inchaço na área escrotal também podem ocasionalmente resultar em leve desconforto. Essas condições incluem varicocele, hidrocele e espermatocele. Muitos casos são benignos (leves e não-ameaçadores), mas o inchaço e o desconforto na área escrotal devem ser resolvidos por um médico. Se uma hidrocele (um saco anormal cheio de líquido ao redor dos testículos) for infectada, pode levar à epididimite, que pode causar dor severa.

EREÇÃO NÃO ALIVIADA- uma ereção que não termina na ejaculação, por vezes, pode causar uma dor surda nos testículos. Essa dor menor, comumente chamada de "bolas azuis", é inofensiva e geralmente desaparece em poucas horas ou quando ocorre a ejaculação

Leave a Comment

(0 Comments)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top